Notcias

APL de TI passa por auditoria do BIRD

Santa Cruz do Sul - O Arranjo Produtivo Local de Tecnologia e Informação (APL de TI) recebeu em julho o auditor do Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (Bird) para avaliação dos trabalhos realizados com os recursos de manutenção da governança e desenvolvimento de projetos para inovação. O encontro ocorreu na Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc) e contou com a presença do gestor do APL de TI, Jesus Edemir Rodrigues, o pró-reitor de Extensão e Relações Comunitárias da Unisc, Ângelo Hoff, e a assessora de Prestação de Serviços, Patrícia Maria Konzen Klamt.
O consultor responsável pela auditoria foi Marco Tulio Aniceto França, e destacou que há um desafio para os Arranjos Produtivos Locais se manterem sem o recurso da governança. “Muitos ainda não se mostram suficientes maduros (receber recursos das empresas que o compõem, assim como do poder público, via editais) para se manterem sozinhos. Em relação ao de TI posso afirmar que ainda tem um longo caminho para se enxergarem como APL e começarem a ter os efeitos necessários. A literatura traz evidências que os APLs levam, em média, oito anos para dar os resultados esperados”, observa o consultor.
Dentre os apontamentos feitos, França salienta que os desafios vivenciados pelo APL de TI são diversos desde a concepção de trabalhar em parceria, uma vez que são empresas menores e muitas dessas, de acordo com a própria estrutura do setor, tem estruturas mais frágeis com elevada taxa de mortalidade. “Dessa forma, as firmas pertencentes ao setor precisarão trabalhar juntas e em prol de um objetivo comum. O trabalhar junto é um desafio que o APL terá de fazer a necessária coordenação”, finalizou.
Para o gestor do APL de TI, Jesus Edemir Rodrigues, essa auditoria é importante, pois oportuniza a gestão do APL apresentar a condução dos trabalhos e as estratégias usadas para alcançar os objetivos e metas estabelecidas para o período de vigência do convênio. Além disso, também é importante passar para o financiador a dificuldade que o APL de TI poderá enfrentar para continuar se articulando de forma cooperada, uma vez que o repasse de recursos para manutenção da gestão estão previstos para terminarem em dezembro de 2018. 
O pró-reitor de Extensão e Relações Comunitárias da Unisc, Ângelo Hoff, reconhece a importância desta estratégia do governo em financiar projetos. "Essas políticas de desenvolvimento e investimento do Governo do estado em novos projetos em prol da nossa economia são absolutamente importantes, e o papel do Bird, neste caso, foi essencial", ressaltou Ângelo.  

Visita ao CVT 
Aproveitando a presença do auditor Marco França, o gestor do APL de Alimentos, Jesus Edemir Rodrigues o acompanhou numa visita ao Centro Vocacional Tecnológico da Diversificação da Fumicultura do Vale do Rio Pardo (CVT), em Rio Pardo. Espaço que irá abrigar o APL Agroindústria e Produção de Alimentos e ofertará cursos para a qualificação de agricultores familiares.
A constituição desta nova área dedicada ao APL de alimentos poderá mudá-lo de patamar, pois, permitirá a realização de cursos, eventos e questões relacionadas ao desenvolvimento de produtos e processos, salientou Marco França.

“O APL de Alimentos, através do CVT está ampliando sua capacidade de captação de recursos para investir no desenvolvimento da atividade de produção de alimentos pelos agricultores familiares e, com isso, está reduzindo a dependência da região com a produção do tabaco", observa o consultor.

Assessoria de Imprensa do APL de TI

Michele Wrasse
Jornalista / Assessoria de Imprensa/
conteudo@casemkt.com
(51) 3056.2840 
FB: CaseMarketing / 

CASE MARKETING
Rua 28 de setembro, 624 / sala 624
Centro - 96810 174 - Santa Cruz do Sul/RS
www.casemkt.com

 

< Voltar




Case MKT - Solues inteligentes

LOTE 779 - Rua Assis Brasil, 779 | Santa Cruz do Sul/RS | Brasil | CEP: 96810.158

Tel/Whats: (51) 9 9565-6593

casemkt@casemkt.com | www.casemkt.com

Copyright 2009-2010 - Desenvolvido por